Ibovespa Ao Vivo: Bolsa sobe com BBDC4, ITUB4 e USIM5; commodities derrubam VALE3 e PETR4 – InfoMoney

Ibovespa Ao Vivo: Bolsa sobe com BBDC4, ITUB4 e USIM5; commodities derrubam VALE3 e PETR4 – InfoMoney

update 14h36

Construtoras e incorporadoras avançam: DIRR3, +4,32%; EZTC3, +3,86%; CYRE3, +3,71%; CURY3, +3,58%; MRVE3, +3,28%; EVEN3, +2,36% e TEND3, +2,15%

update 14h33

Petroleiras júniores sobem: RECV3, +2,30%; PRIO3, +1,57%; ENAT3, +1,19% e RRRP3, +0,03%

update 14h30

Petrobras em baixa: PETR4, -1,28% e PETR3, -1,84%

update 14h29

VALE3 segue em queda forte: -3,38%, com ação a R$ 65,21

update 14h28

Dólar: R$ 4,929 (compra e venda), com queda de -0,67% – a mínima do dólar neste dia é de R$ 4,927

update 14h21

ELET3 bate a máxima do dia: R$ 44,22/ação (+3,20%)

update 14h19

Locadoras de automóveis no positivo: MOVI3, +3,90% e RENT3, 2%

A VAMO3, locadora de veículos pesados e equipamentos, vai tendo ganhos nesta tarde de +2,35%.

update 14h16

Frigoríficos em baixa: BRFS3, -1,70%; BEEF3, -0,92%; MRFG3, -0,81% e JBSS3, -0,32%

update 14h15

Bancos tradicionais no positivo: ITUB4, +1,83%; BBDC4, +1,76%; SANB11, +0,72% e BBAS3, +0,63%

update 14h12

Neste momento, Ibovespa opera em alta: +0,37%, aos 129.518 pontos

update 14h00

Investidores estrangeiros aplicaram apenas R$ 5,4 mi na B3 em 16/2, quando a Ibovespa teve alta de 0,72%

Individuais Institucionais Estrangeiros Bancos Outros
16/02 -R$ 394,2 mi +R$ 85,6 mi +R$ 5,4 mi +R$ 280,6 mi +R$ 22,6 bi
Fevereiro +R$ 1,821 bi +R$ 3,470 bi -R$ 6,882 bi +R$ 1,017 bi +R$ 572,7 bi
2024 +R$ 5,640 bi +R$ 2,308 bi -R$ 13,977 bi +R$ 3,479 bi +R$ 2,549 bi

update 13h56

Dólar comercial opera com queda de 0,56%, a R$ 4,934 na compra e na venda

O investidores digerem novos estímulos da China e estão em modo de espera antes da publicação da ata da reunião de janeiro do Fed. “O que a gente teve de relevante para a semana foi o corte de juros no mercado chinês – foi um pouco maior do que o mercado esperava e tudo que mexe com a China mexe com boa parte do mundo”, lembrou à Reuters Matheus Massote, especialista em câmbio da One Investimentos. A China anunciou hoje a maior redução já registrada na taxa de referência para hipotecas, conforme as autoridades buscam sustentar o mercado imobiliário e a economia em geral. (com Reuters)

update 13h48

Principais índices europeus fecham mais um dia de maneira mista

Investidores nos mercados europeus colocaram na balança as questões macroeconômicas, com cortes nas taxas de juros sendo provavelmente adiadas, enquanto nomes internos chamaram atenção, como foi o caso da Barclays, que subiu 8,5%, depois que um credor anunciou uma grande revisão operacional, incluindo cortes substanciais de custos, vendas de ativos e uma reorganização de suas divisões de negócios.

Dia (%) Pontos
Stoxx 600 Europa -0,09 491,96
DAX Frankfurt -0,12 17.071,65
FTSE 100 Londres -0,12 7.719,42
CAC 40 Paris 0,34 7.795,22
IBEX 35 Madri 0,89 10.033,50
FTSE MIB Milão 0,08 31.700,00

update 13h46

Localiza (RENT3) e Movida (MOVI3): Banco crê que há espaço significativo para os players listados crescerem na terceirização de gestão de frotas

Para o JPMorgan, a Localiza (RENT3) e Movida (MOVI3) deverão ampliar sua atuação no segmento onde o retorno sobre o investimento é tradicionalmente mais alto. O banco tem recomendação overweight para ambas empresas, sendo que para a Localiza o preço-alvo é de R$ 81/ação e para Movida, R$ 16/ação.

update 13h34

Braskem (BRKM5): Números operacionais foram mistos no 4T23

O JPMorgan ressalta que os resultados da Braskem (BRKM5) no Brasil foram comprometidos pela parada para manutenção nas instalações da Bahia, impactando produção e vendas de resinas. Do lado positivo, a região dos EUA e Europa conseguiu melhorar a produção e surpreender nos volumes de vendas, superando as estimativas, relata o banco. Por último, o México apresentou números de produção mais fortes, mas as vendas ainda ficaram comprometidas. O JPMorgan tem recomendação neutra para a Braskem, com preço-alvo de R$ 24,50/ação.

update 13h32

Aéreas começam esta tarde operando com sinais trocados: AZUL4 sobe 2,01%, enquanto GOLL4 cai 6,53%

update 13h29

Aneel mantém multas de mais de R$100 mi à Enel SP

A Aneel manteve multas de mais de R$ 100 milhões contra a distribuidora Enel São Paulo, em casos de falhas registradas em 2019 e 2021, segundo decisão tomada e publicada no Diário Oficial hoje. No início deste mês, a agência reguladora também multou a distribuidora paulista em R$ 165,8 milhões por sua atuação no apagão em novembro do ano passado, que afetou milhões de consumidores da capital paulista e região metropolitana. (Reuters)

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

update 13h26

BNDES e IFC ancoram fundo de crédito de até R$ 5 bi para infraestrutura

update 13h21

Vale (VALE3) amplia ritmo de perdas e passa de 3%, para menos 3,14%, a R$ 65,37

update 13h13

Construtoras em alta, com DIs em queda: MRVE3 lidera negócios, com alta de 2,46%, seguida por CYRE3, com mais 4,07%, e TEND3, com ganhos de 2,89%

update 13h06

Dow Jones devolve perdas e vira para alta de 0,03%

S&P 500 segue em queda, com 0,49%, enquanto Nasdaq perde 0,97%, em mesmo movimento desde a abertura.

update 13h04

Eletrobras (ELET3 ELET6) apresenta altas consistentes: respectivamente, 2,89% e 2,97%

update 12h53

Carrefour (CRFB3) dispara 7,66%, com balanço e fechamento de lojas

As ações do Carrefour Brasil (CRFB3) registram uma forte sessão de ganhos após a divulgação dos resultados do 4T23, na noite da véspera, que contou também com o anúncio de 123 lojas fechadas entre as marcas Nacional, Bom Preço e Carrefour.

update 12h47

Petrobras (PETR4) desce 1,66%, a R$ 42,19, nova mínima do dia, na esteira da queda do petróleo e da decisão do Carf, desfavorável à empresa

update 12h41

Preços internacionais do petróleo recuam nas duas principais referências

Os futuros do petróleo ganharam na semana passada com os investidores de olho no conflito do Oriente Médio, depois de Israel ter lançado ataques no Líbano e ter prometido prosseguir com a sua ofensiva em Gaza até à cidade de Rafah, no sul. O mercado deixou para segundo plano parte do abalo de uma a inflação teimosa nos EUA e de uma previsão de baixa de demanda da Agência Internacional de Energia.

  • WTI (março): -0,37%, a US$ 78,90
  • Brent (abril): -0,98%, a US$ 82,74

update 12h36

Brasil dá largada no G20 com ambição de reformas, mas pode esbarrar em conflitos globais

O Brasil dá início formalmente nesta semana da cúpula do G20 no país com a intenção de chegar ao encontro de novembro com acordos para uma ampla reforma na governança global e colocar o combate à pobreza e às mudanças climáticas no centro do debate, mas a ambição brasileira pode esbarrar na falta de diálogo entre os principais atores em um período marcado por conflitos globais. A agenda traçada pelo presidente Lula para a presidência brasileira do Grupo dos 20 é ambiciosa e traz para a mesa as mudanças no sistema internacional de governança, incluindo o Conselho de Segurança da ONU, o FMI e o Banco Mundial, entre outros. A avaliação feita pelos negociadores brasileiros é que as primeiras respostas dos países-membros foram, até agora, positivas para a agenda brasileira. Mas é a partir de agora que cada país colocará na mesa as suas posições, que dificilmente serão convergentes em meio a conflitos internacionais e disputas comerciais que opõe as principais potências. (Reuters)

update 12h33

Futuros de gás natural caem 1,49% na NYMEX

Contratos são para entrega em março de 2024.

update 12h28

Confira o Radar

update 12h27

BBI rebaixa Taesa (TAEE11) à venda e reitera recomendação neutra para Alupar (ALUP11) e Isa Cteep (TRPL4)

Bradesco BBI avalia que apesar de ser uma companhia bem administrada, a Taesa está cara.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

update 12h27

Petrobras (PETR4) quer voltar a ter participação na gestão da Rlam (refinaria vendida pela estatal na administração anterior), diz Prates

O CEO da Petrobras (PETR4) afirmou “que não deu certo privatizar essa refinaria para competição do mercado”. Jean Paul Prates comentou ainda que voltará ao setor de fertilizantes “com calma”. Além disso, o presidente da estatal disse que a empresa investirá mais US$ 1,5 bilhão em projeto para eficiência e descarbonização em campos de petróleo até 2028. Prates comentou ainda que quer melhorar o preço do gás importado para ajudar no mercado de fertilizantes. (Reuters)

update 12h25

Ibovespa: maiores altas do dia até aqui

Ativo Dia (%) Valor (R$) Variação (R$) Negócios Semana (%) Fevereiro (%) 2024 (%)
Petz PETZ3 9,46 3,82 0,33 7.285 7,61 16,46 -3,29
Carrefour CRFB3 7,93 11,70 0,86 7.144 5,12 12,39 -6,02
Dexco DXCO3 5,16 7,74 0,38 3.924 4,31 0,00 -4,09
Assaí ASAI3 4,06 14,09 0,55 5.817 3,60 3,15 4,14
Cyrela CYRE3 3,98 22,72 0,87 4.805 3,13 1,61 -5,65
Eztec EZTC3 3,53 15,55 0,53 2.042 1,24 0,71 -16,84
Localiza RENT3 3,14 54,21 1,65 12.456 4,53 0,17 -14,76

update 12h23

Ibovespa: maiores baixas do dia até aqui

Ativo Dia (%) Valor (R$) Variação (R$) Negócios Semana (%) Fevereiro (%) 2024 (%)
Gol GOLL4 -5,50 2,75 -0,16 4.224 7,00 -2,83 -69,34
CSN CSNA3 -4,12 18,14 -0,78 7.418 -4,73 2,31 -7,73
Vale VALE3 -2,62 65,72 -1,77 22.884 -2,90 -3,01 -14,87
Lwsa LWSA3 -2,47 5,52 -0,14 3.421 1,85 1,10 -8,15
Bradespar BRAP4 -2,39 21,62 -0,53 3.899 -2,83 -5,13 -15,74
CSN Mineração CMIN3 -2,05 6,20 -0,13 3.045 -4,76 -8,82 -20,13
Petrobras PN PETR4 -0,96 42,49 -0,41 18.465 -0,47 5,04 14,10

update 12h19

Prates: CEO da Petrobras (PETR4) não vê razão para mexer nos preços dos combustíveis neste momento

Os valores do Diesel A S10 não são alterados há 123 dias e os da Gasolina A, há 56 dias, segundo dados da Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom). Ambos estão com defasagem em relação à paridade internacional (veja post das 9h04).

update 12h11

Banco Central informa terceira parcial PTAX com compra a R$ 4,9305 e venda a R$ 4,9311

update 12h08

Petz (PETZ3) dispara mais de 10%: alta chega a 10,03%, a R$ 3,84

update 12h07

Ibovespa agora 0,60%, aos 129.814,16 pontos, nova máxima do dia

update 12h06

Vale (VALE3) ultrapassa Bradesco (BBDC4) como ação mais negociada do dia, e segue em queda, com menos 2,73%; BBDC4 sobe 2,05%

update 12h02

Nova máxima: Ibovespa sobe 0,53%, aos 129.718,00 pontos

update 11h56

Petrobras (PETR4): Prates diz que empresa analisará decisão desfavorável do Carf

O CEO da Petrobras (PETR4) diz que poderá abordar tema em reunião já marcada com o ministro Fernando Haddad. A Carf manteve cobrança de R$ 9,18 bilhões à Petrobras, informou o Valor nesta terça (20).

update 11h54

Bancos sustentam alta do Ibovespa; ganhos ultrapassam 2%

Banco do Brasil (BBAS3) ganha 1,46%; Bradesco (BBDC4) sobe 2,56%; Itaú Unibanco (ITUB4) tem mais 2,21%; e Santander (SANB11) avança 1,86%.

update 11h53

Vamos continuar perseguindo a meta de déficit zero, diz Padilha

“Nesse primeiro mês, já houve um aumento da arrecadação. Mais uma vez nós vamos superar todas as projeções pessimistas”, afirmou o ministro das Relações Institucionais.

update 11h49

VIX: índice de volatilidade nos EUA avança 5,17%

update 11h43

Entre os frigoríficos, MRFG3 destoa e sobe, com 0,23%; BEEF3 cai 0,61%, enquanto BRFS3 perde 0,78%

update 11h43

Banco relata que as estatísticas do comércio exterior da 3ª semana de fevereiro que os preços no setor de proteína animal apresentaram alguns sinais de recuperação

Contudo, o JPMorgan afirma que o sentimento permanece misto para os frigoríficos, uma vez que os volumes continuam a ser o principal impulsionador do desempenho, ajudando a compensar os preços ainda pressionados.

update 11h35

Ibovespa renova máxima do dia, com alta de 0,46%, aos 129.625,90 pontos

update 11h34

Ambev (ABEV3): Banco avalia que o Carnaval desse ano foi favorável à companhia de bebidas

O JPMorgan aponta que o Carnaval desse ano foi um dos mais quentes e secos dos últimos tempos. Além disso, a dinâmica de preços permaneceu estável a ligeiramente negativa, sendo bem menos voláteis do que no ano passado, relata o banco. Segundo ainda o JPMorgan, as plataformas digitais de operação da Ambev (ABEV3) tiveram média diária de usuários ativos com crescimento de dois dígitos em comparação com a folia do ano passado. O banco tem recomendação overweight para a Ambev, com preço-alvo de R$ 15,50/ação.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

update 11h31

Principais índices em Nova York voltam do feriado com quedas

Os trabalhos em Wall Street voltam após o feriado de ontem com o humor ainda abalado pelas leituras mais fortes dos índices de inflação ao consumidor e ao produtor vistos na semana passada, o que adiaria o primeiro corte nas taxas de juros esperadas previamente para março. Os investidores agora aguardam amanhã pistas na Ata da reunião de janeiro do Fed.

  • Dow Jones: -0,17%
  • S&P 500: -0,32%
  • Nasdaq: -0,47%

update 11h23

Vivara (VIVA3): Banco eleva preço-alvo de R$ 37 para R$ 39/ação e reitera recomendação outperform

O Itaú BBA refez estimativas e passou a adotar uma abordagem mais otimista em relação à expansão futura da Life, marca da Vivara (VIVA3).

update 11h22

Varejistas mistos nesta manhã: ARZZ3, +0,19%; BHIA3, -0,36%; LREN3, +0,48%; MGLU3, -1,44%; PETZ3, +7,45%; SOMA3, +0,71%

update 11h19

DIs: juros futuros renovam mínimas ao longo da curva

Dia (%) Taxa (%) Variação (pp) Máximo Mínimo Semana (%) Fevereiro (%) 2024 (%)
DI1F25 -0,05 10,005 -0,005 10,015 10,000 -0,35 0,20 -0,25
DI1F26 -0,35 9,825 -0,035 9,855 9,825 -0,51 1,71 2,24
DI1F27 -0,35 9,985 -0,035 10,025 9,985 -0,50 1,99 2,73
DI1F28 -0,29 10,225 -0,030 10,265 10,225 -0,54 1,69 2,92
DI1F29 -0,29 10,390 -0,030 10,430 10,390 -0,57 1,51 3,18
DI1F31 -0,28 10,620 -0,030 10,650 10,610 -0,47 1,43 3,51
DI1F32 -0,37 10,660 -0,040 10,670 10,660 -0,65 1,43 3,60
DI1F33 -0,28 10,720 -0,030 10,750 10,720 -0,56 1,42 3,38
DI1F35 -0,19 10,790 -0,020 10,810 10,780 -0,28 1,41 3,95

update 11h15

Índice de Small Caps (SMLL) renova máxima da sessão, com alta de 0,81%, aos 2.174,24 pontos

update 11h09

Banco Central informa segunda parcial PTAX com compra a R$ 4,9395 e venda a R$ 4,9401

update 11h08

Teleconferência Carrefour (CRFB3): para 2024, com inflação alimentar e de custos andando uma do lado da outra, temos cenários mais positivos.

“Em 2023, porém, mesmo com o cenário ruim nesse aspecto, tivemos um Ebitda maior. Buscamos sinergias na integração do BIG”, comentou Eric Alencar, CFO do Carrefour (CRFB3). (Vitor Azevedo)

update 11h05

Índice de Small Caps (SMLL) renova máxima da sessão, com alta de 0,65%, aos 2.170,62 pontos

update 11h04

Ibovespa volta a renovar máxima, com alta de 0,26%, aos 129.377,64 pontos

update 11h00

Ibovespa perde ímpeto de alta e sobe 0,09%, aos 129.154,11 pontos

update 10h59

Teleconferência Carrefour (CRFB3): sobre a reforma do rotativo, nos primeiros seis meses de 2024 o impacto não será muito substancial

A informação é de Eric Alencar, CFO do Carrefour (CRFB3): “estamos calculando as coisas. Por enquanto, estamos na transição”, falou. (Vitor Azevedo)

update 10h57

Teleconferência Carrefour (CRFB3): reforma do rotativo é um tema importante para nós, diz CEO

Stéphane Maquaire, CEO do Carrefour (CRFB3): todo time está trabalhando para diminuir o impacto. Impactará os resultados no banco na frente de maturação dos novos clientes. (Vitor Azevedo)

update 10h56

Canadá: inflação ao consumidor em janeiro fica estável em relação a dezembro; expectativa era por alta de 0,4% e dezembro teve deflação de 0,3%

Na base anual, a inflação ao consumidor subiu 2,9%, abaixo dos 3,3% esperados e do 3,4% aferidos em dezembro.

update 10h53

Carrefour Brasil (CRFB3): Banco vê grande superação no 4T23 de ventos contrários

O Morgan Stanley afirma que as lojas convertidas do Atacadão, que pertence ao Carrefour (CRFB3), continuam avançando, enquanto a deflação permaneceu um obstáculo no 4T23. O banco tem recomendação overweight para o Carrefour Brasil, com preço-alvo de R$ 16,50/ação.

update 10h50

Ibovespa faz nova máxima do dia, com alta de 0,21%, aos 129.307,20 pontos

update 10h49

Teleconferência Carrefour (CRFB3): também estamos avançando no digital, diz CEO

No B2C (business to consumer), para reverter o cenário, o Carrefour está investindo em alguns serviços, como açougue e padaria, para aumentar a participação de consumidores finais nas nossas vendas. “Também estamos avançando no digital, de olho nesses clientes”, completa Stéphane Maquaire, CEO do Carrefour (CRFB3). (Vitor Azevedo)

update 10h48

Teleconferência Carrefour (CRFB3): estamos acompanhando a volta da inflação alimentar e vemos, nos últimos meses, a volta da força do B2B (business to business)

A informação é de Stéphane Maquaire, CEO do Carrefour (CRFB3). A Inflação baixa – quando não deflação – está impactando o setor de atacarejo, com comerciantes montando menos estoques, sendo que as vendas mesmas lojas caíram na comparação anual. “Estamos sempre atuando, com foco, para manter esses clientes no nosso portfólio”, fala o CEO. (Vitor Azevedo)

update 10h47

Teleconferência Carrefour (CRFB3): Provisões para fechamentos já foram feitas no quarto trimestre, diz CFO

Segundo Eric Alencar, CFO do Carrefour, “a tempestade já passou nos os efeitos não-caixa”. “O que pode vir são ações que não temos conhecimento, mas que geralmente são coisas pequenas, ou diferença de preço dos terrenos que vamos vender”, disse, durante teleconferência. “Achamos que os terrenos valem mais de R$ 400 milhões. Com certeza os ganhos com as vendas desses ativos mais do que cobrem os custos dos fechamentos (das lojas)”, acrescentou. Conforme Alencar, à medida que os “ramp up” das novas lojas acontecem, há uma diminuição da dívida, que deve levar a “um momento positivo de geração de caixa”. (Vitor Azevedo)

update 10h44

Dólar comercial faz nova mínima, com queda de 0,47%, a R$ 4,938

update 10h43

Ibovespa segue subindo e faz nova máxima, com 0,16%, aos 129.242,28 pontos

update 10h42

Índice de Small Caps (SMLL) tem nova máxima do dia, com mais 0,44%, aos 2.166,06 pontos

update 10h41

Ibovespa tem nova máxima: alta de 0,15%, aos 129.228,83 pontos

update 10h41

Índice de Small Caps (SMLL) renova máxima do dia, com mais 0,36%, aos 2.164,45 pontos

update 10h41

Teleconferência Carrefour (CRFB3): “Temos o compromisso de manter o legado de Abílio Diniz vivo”, diz CEO

Executivos da companhia relembraram o papel importante que o executivo, que ocupava a vice-presidência do conselho de administração da empresa teve no grupo. (Vitor Azevedo)

update 10h40

Ibovespa vira para alta e renova máxima do dia, com 0,07%, aos 129.130,29 pontos

update 10h39

Dólar comercial renova mínima do dia, com queda de 0,46%, a R$ 4,939

update 10h38

Operadoras de shopping: em alta, IGTI11, +0,60% (R$ 23,49) e MULT3, +0,39% (R$ 25,92/ação); em baixa, ALOS3, -0,30%

update 10h36

Ibovespa abre em leve queda, com commodities em baixa; VALE3 e PETR4 recuam

Na volta das operações nos EUA, após o feriado President’s Day ontem, que fez o Ibovespa perder muita liquidez, o índice nacional se depara com petróleo e minério de ferro em queda, o que pesa sobre Vale (VALE3) e Petrobras (PETR4). O minério de ferro cai ao menor valor em 3 meses, com preocupação maior com a demanda chinesa. Por outro lado, bancos sobem com consistência e equilibram o balanço, fazendo a Bolsa ficar próxima da estabilidade. Bradesco (BBDC4) sobe com elevação de recomendação, o mesmo motivo que faz Usiminas (USIM5) liderar os ganhos do dia até aqui. Carrefour (CRFB3) dispara quase 10%, após balanço. No campo político, o ano finalmente vai começar, com Haddad e Lula reunidos para discutir MP da reoneração. Ao contrário de ontem, o dia vai ser movimentado. (Fernando Augusto Lopes)

update 10h36

ABEV3 opera em alta: +0,86% (R$ 12,92/ação)

update 10h31

Fechar loja nunca é um tema fácil, mas temos certeza que é a decisão mais assertiva, diz CEO do Carrefour

Stéphane Maquaire, CEO do Carrefour (CRFB3), disse, em teleconferência com analistas, que a companhia vai vender 123 lojas – sendo 94 supermercados Todo Dia, 13 da marca Nacional e Bom Preço e 16 Carrefour – que performaram mal em 2023. O CEO, no entanto, fala que essas unidades foram responsáveis por menos de 1% das vendas totais do grupo em 2023. “Fechar loja nunca é um tema fácil, mas temos certeza que a decisão é assertiva e que a iniciativa será lucrativa para a companhia”, defendeu. Nos resultados do 4º trimestre, a empresa registrou um prejuízo de R$ 565 milhões por conta do fechamento de lojas. Desconsiderando os efeitos não recorrentes, a varejista lucrou R$ 520 milhões. (Vitor Azevedo)

update 10h29

Entre as siderúrgicas, só a USIM5 em alta: +2,95% (R$ 10,45/ação); em baixa, CSNA3, -1,90% (R$ 18,56/ação) e GGBR4, -0,05% (R$ 21,25/ação)

update 10h25

Bancos tradicionais operam na abertura do pregão no positivo: ITUB4, +0,72% (R$ 35,17/ação), BBAS3, +0,34% (R$ 59,12/ação), BBDC4, +1,17% (R$ 13,81/ação) e SANB11, +0,65% (R$ 29,28/ação)

update 10h19

Petroleiras júniores começam sessão em baixa: RRRP3, -1,30% (R$ 28,81/ação); PRIO3, -0,96% (R$ 45,45/ação) e RECV3, -0,61% (R$ 22,90/ação)

update 10h15

BBSA3 abre em alta: +0,29% (R$ 59,09/ação)

update 10h14

Banco Central informa primeira parcial PTAX com compra a R$ 4,9554 e venda a R$ 4,9560

update 10h13

Após balanço positivo no 4T23, CRFB3 avança forte: +5,63% (R$ 11,45/ação)

update 10h12

MGLU3, que teve recomendação rebaixada pelo Citi de compra para neutra, tem forte queda: -1,91% (R$ 2,05/ação)

update 10h09

VALE3 abre com forte baixa: -2,10% (R$ 66,07/ação)

update 10h08

PETR4 começa dia em baixa: -0,37% (R$ 42,74/ação); PETR3 também em queda: -0,47% (R$ 44,28/ação)

update 10h06

Após BBI elevar recomendação de venda para neutra, ação da BBDC4 sobe: +0,73% (R$ 13,75/ação)

update 10h05

USIM5, elevada para compra pelo Goldman Sachs, dispara em ganhos na abertura do pregão: +2,56% (R$ 10,42/ação)

update 10h03

Após rebaixada pelo BBI, TAEE11 tem abertura com recuo: -0,65% (R$ 35,17/ação)

update 10h02

Índice de Small Caps (SMLL) abre preliminarmente com queda de 0,18%, aos 2.152,79 pontos, mínima do dia

update 10h01

Ibovespa abre, preliminarmente, com queda de 0,05%, aos 128.974,12 pontos

update 10h01

SUZB3 abre sessão em baixa de -0,38% (R$ 52,84/ação)

update 9h55

Alupar (ALUP11): Banco mantém recomendação neutra após revisar estimativas e elevar preço-alvo para R$ 33/ação

O Bradesco BBI afirma que a Alupar (ALUP11) é ação preferencial em bases relativas.

update 9h54

Dólar comercial acelera e vira para alta de 0,03%, a R$ 4,963 na compra e na venda, máxima do dia

update 9h50

Cteep (TRPL4): Banco mantém recomendação neutra para a companhia, mas vê dois pontos que podem pesar sobre a ação no curto prazo

O Bradesco BBI ressalta, no entanto, que dois eventos de curto prazo podem pesar negativamente sobre a ação: decisão pendente da Aneel sobre a redução dos ativos não depreciados a receber do RBSE (rede básica do sistema existente), e a venda de parcela relevante das ações da Cteep (TRPL4) pela Eletrobras (ELET6), que detém 35,7% das ações em circulação (ou R$ 6,3 bilhões).

update 9h48

Ibovespa Futuro (INDFUT) amplia queda para 0,71%, aos 130.175 pontos

O Ibovespa Futuro opera em baixa, com as atenções voltadas para reuniões do presidente Luiz Inácio Lula da Silva com ministros e líderes governistas com MP da reoneração da folha de pagamentos no radar, enquanto o mercado externo avalia corte recorde de juros na China, às vésperas da divulgação das atas das últimas reuniões monetárias Fed e do BCE.

update 9h42

Vulcabras (VULC3) anuncia antecipação de divulgação de resultados do 4T23

A Vulcabras (VULC3) antecipará a data de divulgação do balanço do 4T23 do dia 12 de março de 2024 para o dia 7 de março, após o fechamento do mercado, com a realização da teleconferência no dia 8 de março de 2024, às 9 horas, horário de Brasília.

update 9h33

Carrefour Brasil (CRFB3) reportou resultados do 4T23 acima das expectativas

O Goldman Sachs afirma que a receita do Carrefour Brasil (CRFB3) no período foi suave, amplamente esperada dado ambiente de deflação. A rentabilidade, no entanto, surpreendeu positivamente, com a margem Ebitda acima das expectativas, relata o banco. O Goldman tem recomendação de compra para o Carrefour, com preço-alvo de R$ 14/ação.

update 9h32

Petrobras (PETR4) realiza hoje pagamento de proventos

A Petrobras (PETR4) informou há pouco em fato relevante que realizará hoje o pagamento da primeira parcela dos dividendos e juros sobre capital próprio (JCP) referentes ao balanço de 30 de setembro de 2023. O valor bruto a ser distribuído hoje corresponde a R$ 0,68260418 por ação ordinária e preferencial, sendo R$ 0,24687866 sob a forma de dividendos e R$ 0,43572552 sob a forma de juros sobre capital próprio (JCP).

update 9h28

Vale (VALE3) avalia mais sistemas de baterias para armazenar energia em suas operações

A Vale (VALE3) poderá expandir o uso de baterias industriais para abastecer portos e locais de mineração, disse a diretora de Energia e Descarbonização da empresa, Ludmila Nascimento, em um movimento que impulsionaria uma indústria ainda em estágio inicial no Brasil. Desde o ano passado, a empresa utiliza um sistema de baterias instalado no porto do Terminal da Ilha Guaíba (TIG), no RJ, como medida de redução de custos. Embora o projeto no TIG tenha demandado cerca de quatro anos, o sistema poderia ser replicado para outros três portos onde a empresa opera de forma mais ligeira, disse Nascimento. No TIG, a Vale utiliza baterias com capacidade combinada de 10 megawatts-hora para armazenar energia durante o dia e utilizá-la nos horários de pico de demanda, quando a energia é mais cara. O sistema levou a um corte de 40% no que o TIG paga pela distribuição de energia. (Reuters)

update 9h27

BB (BBAS3): Banco reduz preço-alvo de R$ 74 para R$ 67/ação, mas mantém recomendação de compra

O Citi afirma que o Banco do Brasil (BBAS3) elevou consistentemente sua projeção de custo de crédito durante 2023 e a deterioração na qualidade dos ativos poderá persistir em 2024, mas desta vez sem a compensação de uma margem financeira surpreendente. (Reuters)

update 9h26

Usiminas: Goldman eleva ação USIM5 para compra com melhoria de custos à vista

Banco também elevou o preço-alvo dos papéis de R$ 8 para R$ 14.

update 9h15

Magazine Luiza (MGLU3): Banco rebaixa recomendação de compra para neutra em alto risco, e passa preço-alvo de R$ 3,38 para R$ 2,50/ação

O Citi cita falta de atratividade à ação, mas pode tornar-se mais otimista com a empresa com aceleração de ganho de market share e aumento de demanda.

update 9h14

DIs: juros futuros começam dia de forma mista e próximos da estabilidade

Dia (%) Taxa (%) Variação (pp) Semana (%) Fevereiro (%) 2024 (%)
DI1F25 0,00 10,010 0,000 -0,30 0,25 -0,20
DI1F26 -0,10 9,850 -0,010 -0,25 1,97 2,50
DI1F27 0,00 10,020 0,000 -0,15 2,35 3,09
DI1F28 0,00 10,255 0,000 -0,24 1,99 3,22
DI1F29 0,00 10,420 0,000 -0,29 1,81 3,48
DI1F31 -0,09 10,640 -0,010 -0,28 1,62 3,70
DI1F33 0,00 10,750 0,000 -0,28 1,70 3,66
DI1F35 0,00 10,810 0,000 -0,09 1,60 4,14

update 9h07

Mini-índice com vencimento em abril (WINJ24) começa dia com baixa de 0,62%, aos 130.225 pontos

update 9h07

Minidólar com vencimento em março (WDOH24) começa sessão com queda de 0,01%, a 4.962,50

update 9h04

Preços dos combustíveis no Brasil seguem com defasagem em relação à paridade internacional, diz Abicom

Petrobras (PETR3;PETR4) anunciou há 123 dias alterações nos preços da gasolina. Sobre o diesel, a estatal determinou um reajuste há 56 dias. A Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis publica o estudo diariamente, de segunda a sexta.

  • Diesel A S10 (média nacional): -13%, ou -R$ 0,51 (ontem: -13% ou -R$ 0,52)
  • Gasolina A (média nacional): -7%, ou -R$ 0,20 (ontem: -7% ou -R$ 0,21)

update 9h04

Dólar comercial cai 0,10%, a R$ 4,956 na compra e a R$ 4,957 na venda

update 9h03

Dólar Futuro opera estável, com menos 0,01%, aos 4.962 pontos

update 9h02

Ibovespa futuro abre em baixa de 0,62%, aos 130.220 pontos

update 9h00

Taesa (TAEE11): Banco rebaixa recomendação de neutra para underperform

O Bradesco BBI relata que apesar de ser uma empresa bem administrada, a Taesa (TAEE11) deve ter cerca de 2/3 da receita afetada pela desaceleração do índice de inflação IGPM no ajuste anual de meados de 2024.

update 8h54

Day Trade: Ibovespa negocia em tendência primária de alta, mas queda de commodities pode trazer movimento corretivo

Em relatório, Leandro de Checchi, aponta que o Ibovespa negocia em tendência primária de alta, tendo atingido alvos projetados e testado linha de canal majoritário para iniciar movimento de realização no mês de janeiro. “A recente correção atingiu alvo projetado em região que existem suportes relevantes onde falhou em seguir seu movimento de baixa e formou algum tipo de consolidação com mínimas mais altas. Apesar da falha de rompimento de alta e sinalização baixista com pressão vendedora, o IBOV segue dentro da lateralidade, ainda sem sinais de rompimento”, escreveu, em relatório, acrescentado, porém, que a proximidade com a região de resistência e a queda no preço das commodities sugerem uma sessão corretiva para o pregão desta terça-feira.

update 8h53

Bradesco (BBDC4): Banco eleva recomendação de venda para neutra, mas mantém preço-alvo de R$ 14/ação

O Goldman Sachs afirma que o plano da nova administração melhora a visibilidade da previsão de lucros, embora a execução permanece um ponto de interrogação.

update 8h48

Usiminas (USIM5): Banco eleva recomendação de neutra para compra e passa preço-alvo de r$ 8 para R$ 14/ação

O Goldman Sachs afirma que investidores começaram a ganhar convicção no aumento da capacidade do alto-forno recém-reformado da Usiminas (USIM5) e consequente melhor custo de operação – embora a magnitude dessa melhoria é ainda incerta e difícil de modelar.

update 8h41

Day Trade AO VIVO com Leandro Ross e Felippe Aranha – Arena Trader XP

update 8h40

Índice brasileiro EWZ sobe 0,95% no pré-mercado dos EUA

update 8h38

ADRs PBRA e PBR da Petrobras sobem, respectivamente, 0,17%, a US$ 17,21, e 0,34%, a US$ 17,76 no pré-mercado dos EUA

  • ADRs de Exxon Mobil: +0,10%
  • ADRs de Shell PLC: +0,88%
  • ADRs de Chevron: +0,47%
  • ADRs de BP PLC: +0,82%
  • ADRs de TotalEnergies: -0,20%

update 8h35

Petrobras (PETR4) paga primeiros dividendos do ano hoje; veja valor e se você tem direito

update 8h29

ADRs da Vale caem 2,42%, a US$ 13,30, no pré-mercado dos EUA

  • ADRs de BHP: -1,99%
  • ADRs da Rio Tinto: -2,84%

update 8h25

Minicontratos: Confira os principais pontos de atenção para mini-índice e minidólar nesta terça

update 8h25

BC da China decide cortar taxa de juros do financiamento imobiliário

Taxa LPR de cinco anos, que indexa a maioria dos contratos de hipotecas e os financiamentos imobiliários caiu de 4,20% para 3,95%; LPR de um ano, comum para empréstimos a famílias e empresas, foi mantida em 3,45%.

update 8h21

Preços do petróleo operam com leves perdas, mas próximo das máximas de três semanas

Traders estão de olho no aumento das tensões no Oriente Médio e na recuperação da demanda da China.

  • Petróleo WTI, -0,39%, a US$ 78,88 o barril
  • Petróleo Brent, -0,83%, a US$ 82,85 o barril

update 8h17

Mercados europeus operam mistos, com os investidores digerindo um corte maior que o esperado na taxa básica de juros da China

No entanto, permanecem as preocupações de desaceleração do crescimento chinês. A ação do Barclays, por sua vez, disparava após o banco anunciar uma revisão estratégica, incluindo cortes substanciais de custos, vendas de ativos e uma reorganização de suas divisões de negócios.

  • FTSE 100 (Reino Unido): +0,04%
  • DAX (Alemanha): -0,25%
  • CAC 40 (França): +0,23%
  • FTSE MIB (Itália): +0,06%
  • STOXX 600: -0,12%

update 8h15

Americanas (AMER3) adia de novo divulgação de resultados dos 9 primeiros meses de 2023

update 8h12

Bolsas asiáticas voltam a fechar sem direção única nesta terça (20)

Investidores receberam sem tanto entusiasmo a decisão de juros do banco central da China, conhecido como PBoC. No fim da noite de ontem (19), o PBoC decidiu reduzir sua taxa de juros de referência para empréstimos (LPR, na sigla em inglês) de 5 anos em 25 pontos-base, a 3,95%. O corte, recorde e maior do que o esperado, tem o claro objetivo de impulsionar o combalido mercado imobiliário chinês.

  • Shanghai SE (China), +0,42%
  • Nikkei (Japão): -0,28%
  • Hang Seng Index (Hong Kong): +0,57%
  • Kospi (Coreia do Sul): -0,84%
  • ASX 200 (Austrália): -0,08%

update 8h12

Minério de ferro cai ao menor nível em 3 meses por aumento da preocupação com demanda chinesa

Os contratos futuros do minério de ferro caíram, sob pressão por preocupações crescentes em relação às perspectivas de demanda na China, mesmo após medidas para reanimar seu mercado imobiliário, ao cortar taxa de juros. Assim, o minério de ferro de maio, mais negociado na Bolsa de Dalian na China, encerrou as negociações com queda de 5,41%, a 909,5 iuanes (126,35 dólares) por tonelada, o menor valor desde 1º de novembro. O minério de ferro de referência de março na Bolsa de Cingapura caiu 4,39%, para 121,8 dólares a tonelada, o menor valor desde 8 de novembro.

update 8h07

EUA: Índices futuros operam em baixa na volta do feriado e em dia de agenda esvaziada

No que diz respeito aos balanços de empresas, os traders monitorarão os resultados da Home Depot e Walmart antes da abertura dos mercados. As atenções voltarão o foco para Palo Alto Networks após o fechamento dos mercados.

Veja o desempenho dos mercados futuros:

  • Dow Jones Futuro: -0,18%
  • S&P 500 Futuro: -0,37%
  • Nasdaq Futuro: -0,61%

update 7h58

Abertura de mercados

Os mercados asiáticos fecharam sem direção única nesta terça (20), com ganhos modestos nas bolsas de Xangai e Hong Kong após o banco central da China, PBoC, cortar a taxa de juros de 5 anos. Já as bolsas dos EUA voltam do feriado do Dia do Presidente sem agenda, à espera da ata do Federal Reserve (Fed), amanhã, quarta (21). Por aqui, o destaque fica para reunião entre o presidente Lula e o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, para tratar da MP da reoneração.

update 7h52

DIs: juros futuros encerraram sessão de ontem com quedas por toda a curva

Dia (%) Valor (R$) Variação (R$) Negócios Semana (%) Fevereiro (%) 2024 (%)
DI1F25 -0,30 10,010 -0,030 10.854 -0,30 0,25 -0,20
DI1F26 -0,15 9,860 -0,015 16.041 -0,15 2,07 2,60
DI1F27 -0,15 10,020 -0,015 9.482 -0,15 2,35 3,09
DI1F28 -0,24 10,255 -0,025 3.383 -0,24 1,99 3,22
DI1F29 -0,29 10,420 -0,030 6.019 -0,29 1,81 3,48
DI1F31 -0,19 10,650 -0,020 4.314 -0,19 1,72 3,80
DI1F33 -0,28 10,750 -0,030 1.568 -0,28 1,70 3,66
DI1F35 -0,09 10,810 -0,010 365 -0,09 1,60 4,14

update 7h50

Dólar comercial fechou ontem com leve baixa de 0,09%

É a quarta queda seguida do dólar diante do real, a terceira abaixo de 0,1%, seguindo o mesmo movimento da divisa norte-americana na comparação com as principais moedas do mundo, com o DXY em baixa de 0,03%.

  • Venda: R$ 4,962
  • Compra: R$ 4,961
  • Mínima: R$ 4,952
  • Máxima: R$ 4,971

update 7h48

Maiores baixas, altas e ações mais negociadas de ontem

Maiores baixas

Ativo Dia (%) Valor (R$) Variação (R$) Negócios Semana (%) Fevereiro (%) 2024 (%)
Rede D’Or RDOR3 -4,16 25,32 -1,10 10.658 -4,16 -6,74 -11,96
Marfrig MRFG3 -4,09 8,68 -0,37 13.188 -4,09 -7,76 -10,52
CSN Mineração CMIN3 -2,76 6,33 -0,18 6.136 -2,76 -6,91 -18,46
Carrefour CRFB3 -2,61 10,84 -0,29 16.357 -2,61 4,13 -12,93
Eztec EZTC3 -2,21 15,02 -0,34 5.338 -2,21 -2,72 -19,68
Hypera HYPE3 -2,08 32,53 -0,69 10.463 -2,08 2,79 -8,77
Vamos VAMO3 -2,06 8,10 -0,17 13.777 -2,06 -0,86 -19,56

Maiores altas

Ativo Dia (%) Valor (R$) Variação (R$) Negócios Semana (%) Fevereiro (%) 2024 (%)
Gol GOLL4 13,23 2,91 0,34 3.689 13,23 2,83 -67,56
CVC CVCB3 4,76 3,30 0,15 4.808 4,76 13,40 -5,71
Lwsa LWSA3 4,43 5,66 0,24 12.492 4,43 3,66 -5,82
Cogna COGN3 2,48 2,48 0,06 19.638 2,48 -15,07 -28,94
Magazine Luiza MGLU3 2,45 2,09 0,05 13.242 2,45 0,15 -2,63
Cemig CMIG4 1,97 11,89 0,23 11.250 1,97 3,21 3,57
BB BBAS3 1,81 58,92 1,05 27.529 1,81 4,38 6,37

Mais negociadas

Ativo Negócios Dia (%) Valor (R$) Variação (R$) Semana (%) Fevereiro (%) 2024 (%)
Itaú Unibanco ITUB4 32.952 1,10 34,92 0,38 1,10 6,58 2,89
Bradesco PN BBDC4 32.661 1,26 13,65 0,17 1,26 -10,98 -19,97
BB BBAS3 27.529 1,81 58,92 1,05 1,81 4,38 6,37
Vale VALE3 25.565 -0,28 67,49 -0,19 -0,28 -0,40 -12,58
Petrobras PN PETR4 24.902 0,49 42,90 0,21 0,49 6,06 15,20
Itausa ITSA4 23.508 0,76 10,54 0,08 0,76 5,40 1,64
Hapvida HAPV3 20.255 0,29 3,49 0,01 0,29 -10,05 -21,57

update 7h45

Ibovespa fechou ontem com alta de 0,24%, aos 129.035,74 pontos, 0,18 pontos abaixo da máxima do dia

  • Máxima: 129.035,92
  • Mínima: 128.096,54
  • Volume: R$ 13,60 bilhões

Confira a evolução do IBOV durante a semana, mês e ano:

  • Segunda-feira (19): +0,24%
  • Semana: +0,24%
  • Fevereiro: +1,00%
  • 1T24: -3,84%
  • 2024: -3,84%

Acompanhe diariamente a cobertura sobre bolsa, dólar e juros a partir das 8 horas.

Sugestões, dúvidas e críticas entre em contato com o editor de Mercados Ao Vivo do InfoMoney: rodrigo.petry@infomoney.com.br.

Link original da notícia: https://news.google.com/rss/articles/CBMiVmh0dHBzOi8vd3d3LmluZm9tb25leS5jb20uYnIvbWVyY2Fkb3MvaWJvdmVzcGEtaG9qZS1ib2xzYS1kZS12YWxvcmVzLWFvLXZpdm8tMjAwMjIwMjQv0gEA?oc=5

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *