Bombeiro morre após ser empurrado nos trilhos e atropelado por trem em SP

Bombeiro morre após ser empurrado nos trilhos e atropelado por trem em SP

Bombeiro morre após ser empurrado nos trilhos e atropelado por trem em SP

Adilson Ferreira, de 52 anos, estava a caminho de um evento quando foi jogado; suspeito teve prisão convertida em preventiva

Um bombeiro morreu após ser empurrado nos trilhos e ser atropelado na estação da Sé, na Linha 1-Azul do Metrô, região central de São Paulo, na tarde de sexta-feira (13).

Adilson Ferreira, de 52 anos, estava a caminho de um evento no qual iria trabalhar, de acordo com a repórter Lorena Coutinho. Enquanto o homem esperava o trem, na plataforma no sentido Tucuruvi, um rapaz empurrou o brigadista para os trilhos, e ele foi atropelado.

Após o crime, o homem correu e fugiu pelas escadas. Uma moça, que flagrou a ação e chegou a passar mal com a situação, avisou a polícia e os seguranças do Metrô que não foi um acidente.

Segundo a irmã da vítima, a empresa verificou imagens das câmeras e constatou o crime. A esposa do homem foi informada da morte do marido por terceiros e não chegou a ser contatada pelo Metrô.

Horas depois, o suspeito se apresentou na delegacia, com a presença de um advogado. O autor alegou que sofre de síndrome do pânico e que confundiu a vítima com uma pessoa com a qual tinha problemas no trabalho, se sentiu ameaçado e o empurrou.

Ele passou por audiência de custódia e teve a prisão em flagrante convertida em preventiva. Adilson deixou a esposa, um filho e duas enteadas.

*Via Portal R7

Link original da notícia: https://tnsul.com/2023/10/17/bombeiro-morre-apos-ser-empurrado-nos-trilhos-e-atropelado-por-trem-em-sp/

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *