Mais de 24 mil profissionais de enfermagem vão receber piso nacional no Paraná; veja divisão por estado

Mais de 24 mil profissionais de enfermagem vão receber piso nacional no Paraná; veja divisão por estado

Mais de 24 mil profissionais de enfermagem vão receber piso nacional no Paraná; veja divisão por estado

Por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), os profissionais das esferas federal, estadual e municipal, assim como as entidades privadas com contrato para atender pelo menos 60% de pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), podem receber os valores retroativos a maio deste ano.

O pagamento das parcelas referentes a maio, junho, julho e agosto foi feito em 23 de agosto aos estados. Veja mais abaixo quantos profissionais receberão em cada unidade da federação.

Segundo a Secretaria de Saúde do Paraná (Sesa), R$ 49.580.763,00 foram depositados no Fundo Estadual de Saúde para repasse aos trabalhadores. O valor abrange o pagamento retroativo aos meses de maio, junho, julho e agosto de 2023.

Os profissionais que receberão os valores estão espalhados por 317 dos 399 municípios paranaenses. São enfermeiros, técnicos de enfermagem, auxiliares de enfermagem e parteiras.

Segundo portaria do Ministério da Saúde, os estados e municípios deverão fazer o pagamento aos estabelecimentos de saúde até 30 dias após o governo federal depositar o dinheiro nas contas bancárias dos fundos de saúde.

O governo federal vai pagar outras cinco parcelas e o 13º salário mínimo aos estados e municípios até dezembro. O repasse total será de R$ 7,3 bilhões neste ano.

Criado em 2022, pago em 2023

O piso nacional da enfermagem foi instituído pela Lei 14.434, de 2022. Porém, a legislação não previa a fonte dos recursos e foi suspensa pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

O texto fixou em R$ 4.750 o piso nacional de enfermeiros dos setores público e privado. O valor serve de referência para o cálculo do mínimo salarial de técnicos de enfermagem (70%), auxiliares de enfermagem (50%) e parteiras (50%). Veja:

  • Enfermeiros – R$ 4.750,00
  • Técnicos de Enfermagem – R$ 3.325,00
  • Auxiliares de Enfermagem e parteiras – R$ 2.375,00

Uma proposta de emenda à Constituição foi aprovada no fim de 2022 pelo Congresso permitindo que a fonte de financiamento do piso da enfermagem pudesse ficar de fora do teto de gastos.

Divisão por município

A quantidade de recursos destinada ao pagamento do piso nacional foi definida após os gestores estaduais e municipais informaram o número de profissionais ao Ministério da Saúde.

Veja quantos profissionais passarão a receber o novo piso nas principais cidades do estado e quanto cada uma receberá para pagar o valor retroativo a maio:

Em nota, a Sesa explicou que “o cálculo e os critérios de distribuição foram estabelecidos pelo próprio Ministério da Saúde, e o Estado irá cumprir o estabelecido”.

Questionada sobre o montante total que o Paraná deve receber até dezembro, a pasta disse que “aguarda publicação de portaria do Ministério da Saúde”.

Dos 5.570 municípios brasileiros, 117 não informaram profissionais que necessitam do recurso federal para complementação do piso, conforme o Ministério da Saúde.

Conselho vai fiscalizar

Em nota, o Conselho Regional de Enfermagem do Paraná (Coren-PR) disse estar comprometido com a fiscalização de editais de concursos públicos para garantir a remuneração dos profissionais conforme a lei.

A organização também reconheceu “a extrema importância do pagamento do piso salarial para os profissionais, visto que esse valor mínimo não apenas reflete o devido reconhecimento da qualificação, mas também contribui para assegurar a qualidade e segurança dos cuidados prestados à população”.

Quantidade de profissionais por estado

O Ministério da Saúde também informou ao g1, via Lei de Acesso à Informação (LAI), quantos profissionais receberão o piso em cada unidade da federação. Confira:

  • Acre – 1.773
  • Alagoas – 10.721
  • Amapá – 3.121
  • Amazonas – 9.296
  • Bahia – 54.924
  • Ceará – 30.735
  • Espírito Santo – 14.521
  • Goiás – 16.820
  • Maranhão – 26.843
  • Mato Grosso – 5.890
  • Mato Grosso do Sul – 6.838
  • Minas Gerais – 66.004
  • Pará – 22.227
  • Paraíba – 15.643
  • Paraná 24.551
  • Pernambuco – 35.733
  • Piauí – 8.388
  • Rio de Janeiro – 39.503
  • Rio Grande do Norte – 13.109
  • Rio Grande do Sul – 27.132
  • Rondônia – 3.815
  • Roraima – 684
  • Santa Catarina – 12.530
  • São Paulo – 60.221
  • Sergipe – 7.959
  • Tocantins – 7.717
  • Distrito Federal – 2.169

Mais assistidos do g1 PR

Link original da notícia: https://g1.globo.com/pr/parana/noticia/2023/08/31/mais-de-24-mil-profissionais-de-enfermagem-vao-receber-piso-nacional-no-parana-veja-divisao-por-estado.ghtml

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *