Mais 50 bombeiros do Paraná vão ajudar nas buscas de vítimas desaparecidas após ciclone no Rio Grande do Sul

Mais 50 bombeiros do Paraná vão ajudar nas buscas de vítimas desaparecidas após ciclone no Rio Grande do Sul

Mais 50 bombeiros do Paraná vão ajudar nas buscas de vítimas desaparecidas após ciclone no Rio Grande do Sul

Equipe viaja neste domingo (10) para o estado gaúcho. Até a publicação desta reportagem, 43 pessoas morreram e 46 continuam desaparecidas.


Mais 50 bombeiros do Paraná vão ajudar nas buscas de vítimas desaparecidas após ciclone no Rio Grande do Sul — Foto: Gabriel Rosa/AEN

Até a publicação desta reportagem, 43 pessoas morreram e 46 continuam desaparecidas após passagem do ciclone extratropical pelo estado gaúcho.

Segundo a Sesp, o novo grupo é composto por 45 bombeiros dos Comandos Regionais de Bombeiros (CRBM) de Cascavel, Londrina e Curitiba e do Comando do Corpo de Bombeiros (CCB). Os demais integrantes são o Grupo de Operações de Socorro Tático (Gost).

Reforço nas buscas

Quatro militares do Gost saíram na sexta-feira (8) e três embarcaram em uma aeronave com os cães na manhã de sábado (9).

Além das buscas, a equipe também colabora no transporte de donativos nas regiões de difícil acesso, que é coordenado pelas forças de segurança do Rio Grande do Sul.

Bombeiros e cães farejadores do Paraná vão ajudar nas buscas de vítimas desaparecidas após ciclone no Rio Grande do Sul — Foto: AEN/divulgação

Tragédia no RS

Três municípios concentram os casos de desaparecimento decorrentes das fortes chuvas, conforme o balanço.

Em Muçum, são 30 pessoas desaparecidas. Lajeado e Arroio do Meio registram oito desaparecimentos cada.

Cidades do Vale do Taquari ficaram debaixo d’água com passagem de ciclone — Foto: Maurício tonetto/Secom

VÍDEO: os mais assistidos do g1 PR

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!

Link original da notícia: https://g1.globo.com/pr/parana/noticia/2023/09/10/mais-50-bombeiros-do-parana-vao-ajudar-nas-buscas-de-vitimas-desaparecidas-apos-ciclone-no-rio-grande-do-sul.ghtml

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *