Inscrições para empresas testarem semana de quatro dias de trabalho terminam nesta quinta (31)

Inscrições para empresas testarem semana de quatro dias de trabalho terminam nesta quinta (31)

Inscrições para empresas testarem semana de quatro dias de trabalho terminam nesta quinta (31)

O teste é realizado pela Reconnect Happinness at Work, empresa especializada em treinamentos voltados à felicidade e à saúde corporativa.

A ação é feita em parceria com a ONG 4 Day Week Global, que criou e fornece mentoria sobre a semana de quatro dias de trabalho, e a Boston College, universidade americana que cuidará do treinamento das empresas.

Quem pode se inscrever

Empresas de qualquer porte e de qualquer setor podem se inscrever. A companhia pode escolher se deseja fazer o piloto para a empresa inteira ou para uma área específica.

A empresa seleciona as pessoas que participarão do treinamento. Para a inscrição, será cobrada uma taxa proporcional ao faturamento da empresa

A empresa contará com 10 master classes de ensino da metodologia. Os inscritos também participarão das pesquisas da Boston College.

Letícia Grein trabalha em agência que já adotou o trabalho de quatro dias por semana. — Foto: Reprodução/RPC

Nesta fase, as empresas vão praticar – por seis meses – todo o conteúdo que foi preparado.

Métricas avaliadas

A pesquisa avalia antes, durante e após o teste piloto, como os funcionários estão se sentindo, a performance do trabalho e como estão conciliando o trabalho com a vida pessoal em quatro dias de expediente.

A universidade americana analisa a empresa e os funcionários em cinco temas: saúde mental e bem-estar; produtividade e receita; atração e retenção de talentos; sustentabilidade e equidade de gênero.

Segundo a organização do teste, haverá uma assessoria jurídica disponível para que as empresas possam ter o apoio para acordos individuais com os funcionários participantes.

Semana de quatro dias é eficaz?

Uma pesquisa realizada no Reino Unido avaliou os resultados da adoção da semana de trabalho de quatro dias. Os estudos analisaram 61 empresas e 2,9 mil trabalhadores.

Foram dois meses de preparação das organizações, que tinham que reduzir a jornada semanal para quatro dias de trabalho sem nenhuma alteração dos salários.

Depois da experiência, a maioria das empresas afirmou que vai continuar a política de redução de carga horária semanal, sendo que 18 farão de forma definitiva.

O número de funcionários que pediu a conta caiu 57% no período do teste.

Segundo a pesquisa, 39% dos trabalhadores disseram que ficaram menos estressados, além de relatarem redução de ansiedade, cansaço e problemas para dormir. A saúde física e mental dos colaboradores melhorou, cita o estudo.

Para 54% dos trabalhadores, ficou mais fácil equilibrar o trabalho com as tarefas domésticas. A mudança na rotina de trabalho deixou mais fácil a conciliação da vida profissional com a pessoal para 62% dos participantes.

Os impactos também foram positivos para as empresas, segundo o estudo. A receita ficou estável no período do experimento, comparando com períodos semelhantes de anos anteriores. Houve um aumento médio de 35% nas receitas.

VÍDEOS: os mais assistidos do g1 PR

Link original da notícia: https://g1.globo.com/pr/parana/economia/noticia/2023/08/31/inscricoes-para-empresas-testarem-semana-de-quatro-dias-de-trabalho-terminam-nesta-quinta-31.ghtml

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *