Casal de tios é preso suspeito de torturar sobrinha de quatro anos, no Paraná; médico atendeu criança e acionou polícia

Casal de tios é preso suspeito de torturar sobrinha de quatro anos, no Paraná; médico atendeu criança e acionou polícia

Casal de tios é preso suspeito de torturar sobrinha de quatro anos, no Paraná; médico atendeu criança e acionou polícia

A menina perdeu a mãe há cerca de um ano e estava sob os cuidados dos tios. A suspeita de tortura foi levantada pelo médico que a atendeu no início do mês, no Pronto Socorro do município.

A criança chegou ao hospital com vários hematomas, no rosto, nos joelhos, nos braços.

O delegado Isaías Fernandes Machado é responsável pelas investigações e afirma que há suspeita de que a menina tenha sido agredida e torturada.

“Eram múltiplas lesões em todas as partes do corpo, na cabeça era um hematoma muito grande, sinal de um espancamento recente. Existiam sinais de, segundo médico ouvido, como se tivessem apagado cigarro próximo a um dos mamilos da criança. Os joelhos apresentam lesões muito graves, que atingiram a região óssea de forma muito simétrica, que, segundo o médico, evidenciam pancadas por meio de paus, ripas ou sarrafos.”

Segundo o médico ouvido pela polícia, a versão inicial dos tios era que ela teria caído no banheiro. Porém, os exames mostraram que os machucados eram antigos.

O delegado explica que o médico desconfiou da situação e acionou o Conselho Tutelar e a Polícia Militar. Na sequência, a criança foi encaminhada para o Hospital Regional de Paranaguá devido à gravidade das lesões.

Menina de 4 anos chegou com olho roxo no hospital — Foto: Reprodução

O laudo do Instituto Médico Legal (IML) comprovou os exames feitos pelo médico de plantão.

O documento atesta que houve ofensa à integridade corporal da menina, com instrumento e ação contundentes, por meio cruel, com machucados em diferentes partes do corpo, de tamanhos e formatos variados, o que evidencia momentos de lesões diferentes e sucessivos.

O Ministério Público do Paraná pediu a prisão dos tios que cuidam da criança. No pedido, os promotores afirmam que o crime foi praticado com acentuada gravidade e que houve violência exacerbada contra a criança.

A Justiça atendeu o pedido de determinou a prisão temporária do casal – por 30 dias -, com possibilidade de ser prorrogada.

A menina ficou internada por quatro dias no Hospital Regional de Paranaguá, teve alta, e passa bem. Ela foi afastada dos tios e está agora sob os cuidados da Justiça.

Machucados identificados na criança de apenas 4 anos — Foto: Reprodução

VÍDEO: os mais assistidos do g1 PR

Link original da notícia: https://g1.globo.com/pr/parana/noticia/2023/09/09/casal-de-tios-e-preso-suspeito-de-torturar-sobrinha-de-quatro-anos-no-parana-medico-atendeu-crianca-e-acionou-policia.ghtml

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *