Vale a pena o Gero do Fasano Ipanema?

Vale a pena o Gero do Fasano Ipanema?

Vale a pena o Gero do Fasano Ipanema?

Foto: Tomás Rangel

A Ivv, minha esposa, tinha me pedido para não fazer mais críticas de restaurantes, dizendo que se continuasse na mesma toada, não poderíamos entrar em mais nenhum lugar. Portanto, nos últimos anos, fiz apenas algumas críticas, normalmente favoráveis. No entanto, sabe, certas experiências são necessárias para que possamos compartilhar.

Estes dias, pela primeira vez, estive no Gero, o restaurante italiano que fica no Hotel Fasano de Ipanema. Como é típico de um hotel 5 estrelas de categoria internacional, você se sente a pessoa mais importante do mundo. O atendimento também é primoroso; você nem percebe quando trocam sua garrafa de água, taça de vinho ou refrigerante – é perfeito.

O que dizer da decoração? Bem, posso ser um pouco crítico porque é um tanto estéril. Além disso, a presença de um carpete torna difícil mover a cadeira para sair da mesa. Procurei em todos os livros de etiqueta uma maneira de me levitar, mas infelizmente não consegui alcançar esse nível de poder. Talvez minha crítica seja influenciada pelo fato de ser uma casa paulista, e, sendo sincero, São Paulo pode ser elegante, mas falta uma certa identidade própria nos andares superiores.

Bem, finalmente, sobre a comida, não vou mencionar as bebidas, já que tenho consumido principalmente água com gás (para quem quiser acompanhar minha jornada de vida fitness, estou postando no meu Instagram @quintinogf), incluindo a San Pellegrino. Infelizmente, tenho que me abster de comentar sobre os pães do couvert devido a uma intolerância moderada ao glúten que me impede de comer muito pão. No entanto, posso dizer que a seleção não é muito diferente do que se encontra em qualquer restaurante de padrão médio-alto

A entrada, um carpaccio, foi no máximo regular. Não sei ao certo o que torna um carpaccio maravilhoso, mas pelo menos no Gero, eles acertaram, embora pudessem ter caprichado um pouco mais. A burrata estava ótima, o que indica uma boa escolha no ingrediente principal. Talvez apenas precisasse de um toque de flor de sal, mas, mesmo assim, merecem elogios.

Devido à minha intolerância ao glúten, optei por um Risotto ‘Coe Secco‘, um risoto com carnes especiais em um molho de vinhos e especiarias. Enquanto começava a saborear a refeição e observava a parede repleta de prêmios recebidos pelo restaurante, questionava a qualidade do paladar dos jurados. Será que eles nunca experimentaram um risoto de verdade? Não que a minha refeição estivesse ruim, de forma alguma, estava saborosa. No entanto, quando um restaurante se autodenomina um dos melhores do Rio, você espera uma explosão de sabores no seu paladar, e infelizmente, isso não aconteceu.

O que realmente se destaca e com um sabor incrível é o Mil-folhas com creme pâtissière. Foi verdadeiramente o ponto alto do almoço, ou talvez fosse a minha falta de açúcar falando mais alto… mas acredito que não, já que reservei o glúten para esse momento e não me arrependi de nada.

Mas falando em arrependimento, um autêntico restaurante italiano deve caprichar no seu café espresso, um orgulho para qualquer um no país da bota. No entanto, foi completamente decepcionante; duvido muito que tenha sido preparado em uma máquina de café de verdade. Se eu estivesse na cozinha, provavelmente encontraria uma Nespresso lá. Talvez seja hora de considerar contratar um barista da Coffe Five.

Em resumo, minha recomendação é: não vá. Não justifica o preço, a menos que você esteja em busca daquela experiência exibicionista, como se estivesse em um vídeo do Porta dos Fundos, caçando likes. No entanto, o Casa Tua, na Barra da Tijuca, oferece uma opção muito mais satisfatória.

Sobre o preço, meu caro, desculpe a franqueza, se você precisa perguntar, provavelmente não conseguirá pagar.

Serviço
Gero Rio.
Avenida Vieira Souto, 80 – Rio de JaneiroRio de Janeiro.
T: +55 21 3202-4030
HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO:
Segunda a quarta, 12h às 15h e das 19h às 23h | Quinta, 12h às 15h e 19h às 00h | Sexta e sábado, 12h às 16h e das 19h às 01h | Domingo, das 12 às 22h

Link original da notícia: https://diariodorio.com/vale-a-pena-o-gero-do-fasano-ipanema/

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *