Agências da Caixa abrem mais cedo para negociar dívidas no Desenrola

Agências da Caixa abrem mais cedo para negociar dívidas no Desenrola

Agências da Caixa abrem mais cedo para negociar dívidas no Desenrola

Economia

O funcionamento especial será feito de acordo com horário de atendimento da agência, que varia de acordo com a região do país e a cidade

Patrick Fuentes, da Agência Folhapress

18/10/2023 – 10:02


Fila para entrada em agência da Caixa: agências abrem mais cedo para negociar dívidas |  Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

As agências da Caixa Econômica Federal de todo o Brasil abrirão uma hora mais cedo nesta quarta-feira (18) para atendimentos ligados ao Desenrola Brasil, Minha Casa, Minha Vida e linhas de crédito do banco.

O funcionamento especial será feito de acordo com horário de atendimento da agência, que varia de acordo com a região do país e a cidade, e será realizado por ordem de chegada, com distribuição de senha. O horário de encerramento não será alterado.

Leia mais notícias de Economia aqui

Agências da cidade de São Paulo irão iniciar o atendimento ao público às 9h em vez das 10h e encerrar o expediente normalmente às 16h. Os horários de funcionamento de cada agência podem ser consultados neste link.

A iniciativa faz parte da campanha “Tá na CAIXA”, com o objetivo de facilitar o atendimento e esclarecer dúvidas sobre os serviços do banco e contará com a presença de dirigentes da instituição nos 26 Estados e no Distrito Federal.

O QUE É O DESENROLA BRASIL

Lançado pelo governo Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em parceria com bancos e outros agentes financeiros, o Desenrola é um programa de renegociação de dívidas.

As empresas interessadas oferecem descontos e condições de parcelamento para inadimplentes quitarem suas dívidas.

Desde o dia 25 de setembro, o governo promove o chamado leilão de descontos, em que as 709 empresas credoras habilitadas podem informar, na plataforma do Desenrola Brasil, quanto estão dispostas a abater das dívidas para facilitar a renegociação.

O desconto médio oferecido pelos credores, segundo o ministro Fernando Haddad (Fazenda), é de 83%.

Uma dívida de R$ 5.000, por exemplo, cai para R$ 259 e pode ser parcelada com garantia do Tesouro. Empresas dos setores de educação, eletricidade e saneamento chegam a oferecer descontos acima de 90%.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

QUEM PODE PARTICIPAR DO DESENROLA BRASIL

A última fase do Desenrola Brasil conta com uma plataforma oficial de pagamento, desenvolvida em parceria com a B3. Pode participar dessa etapa quem tem renda de até dois salários mínimos (R$ 2.640) ou quem é inscrito no CadÚnico (Cadastro Único) e tem dívidas de até R$ 5.000 negativadas entre janeiro de 2019 e dezembro de 2022.

São mais de 20 milhões de inadimplentes que podem parcelar em até 60 vezes o pagamento de dívidas bancárias e não bancárias —como conta de luz, água, varejo, educação— e limpar o nome com a garantia do Tesouro.

Quem tem dívidas entre R$ 5.000 e R$ 20 mil também pode aproveitar os descontos, que chegam a 96% em alguns casos, e renegociar. Neste caso, porém, o pagamento pela plataforma será à vista.

Cerca de 12 milhões de devedores estão nesta situação. Para que a sua dívida apareça no portal do Desenrola, o credor precisa ter aderido ao programa.

Para participar, é necessário ter nível de certificação prata ou ouro no site Gov.br, o que é minoria entre os 32 milhões de CPFs que estão elegíveis. Veja abaixo o passo a passo para renegociar sua dívida pelo Desenrola Brasil.

O QUE É O MINHA CASA, MINHA VIDA

O Minha Casa, Minha Vida é um dos principais programas sociais do governo federal.

A meta é contratar 2 milhões de unidades habitacionais até o fim do mandato de Lula, entre moradias subsidiadas para a faixa 1 e casas financiadas para os demais grupos de renda.

O programa é dividido em três faixas. Hoje o limite superior é de R$ 8.000, mas Lula já pediu estudos para elevar o teto para até R$ 12 mil. Caso isso seja efetivado, o valor máximo do imóvel financiado pelo programa pode atingir R$ 500 mil. Hoje ele é de R$ 350 mil.

O Ministério das Cidades, responsável pelo Minha Casa, Minha Vida, ainda fará os cálculos para saber qual o modelo a ser proposto para a ampliação do programa para a classe média.

SUGERIMOS PARA VOCÊ:

Link original da notícia: https://tribunaonline.com.br/economia/agencias-da-caixa-abrem-mais-cedo-para-negociar-dividas-no-desenrola-152942

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *