Servidores da Adapec recebem capacitação em emergência sanitária

Servidores da Adapec recebem capacitação em emergência sanitária

Servidores da Adapec recebem capacitação em emergência sanitária

A integração Lavoura-Pecuária (ILP) é uma estratégia utilizada para mitigar os efeitos ocasionados pela intensificação dos períodos de seca. A ILP envolve a combinação de culturas agrícolas e criação de animais em um mesmo espaço. A iniciativa oferece uma série de benefícios que contribuem para enfrentar os desafios da escassez de água e garantir a produção de alimentos mesmo em condições adversas.

Dessa forma, a Integração Lavoura-Pecuária vem ganhando cada vez mais espaço na AgroSB. A iniciativa permite diversificar as atividades agrícolas, o que é vantajoso em períodos em que algumas culturas podem ser mais afetadas do que outras.

De acordo com João Pedro da Silva Queiroz, gerente de planejamento agropecuário da AgroSB, a combinação de culturas agrícolas com a criação de animais melhora o solo, aumenta a capacidade de retenção de água e nutrientes, o que cria um ambiente propício para o desenvolvimento das plantas e dos animais ali inseridos.

“A combinação de culturas agrícolas com a implantação de capim auxilia na criação dos animais, ajuda na ciclagem de nutrientes e aumenta a vida microbiológica do solo. Para o plano pecuário, a estratégia ajuda a manter o gado na entressafra, período em que as áreas permanentes de forragens ficam escassas. Com a ILP, é possível ofertar uma forragem de alta qualidade que auxiliará no desenvolvimento dos animais, promovendo um melhor ganho no peso médio diário (GMD), do animal”, pontua.

João Pedro relata que a prática abre um leque de opções estratégicas nas fazendas, como a recria de bezerros no pasto, manutenção das vacas da estação reprodutiva e a engorda de animais para abate. O que diminui o custo com suplementação, havendo ocasiões onde não será necessário fechar animais em confinamento.

Já para a agricultura, a estratégia consiste em tratar o plantio do capim como uma cultura de entressafra. “O tempo é um fator crucial para o sucesso da ILP, é necessário plantar o quanto antes para que o capim saia e aproveite as últimas chuvas para que tenha um bom desenvolvimento até o período da seca. Somente assim iremos obter o sucesso que buscamos na agricultura e na pecuária”, esclarece.

Os benefícios da Integração Lavoura-Pecuária incluem a diversificação de atividades, a maximização dos recursos, aumento de resultado, além dos ganhos agronômicos como a conservação da água no solo com a inserção da palhada, a melhora da estrutura do solo com a diminuição da compactação, aumento da microbiologia do solo (microrganismos benéficos vivos) e a contribuição para a segurança alimentar. “Esses benefícios são cruciais para garantir a sustentabilidade e a viabilidade das práticas agropecuárias em um cenário de mudanças climáticas”, finaliza João Pedro.

Link original da notícia: https://folhacapital.com.br/agronegocio/servidores-da-adapec-recebem-capacitacao-em-emergencia-sanitaria/

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *