Fazendeiro recupera gado após cerca de 30 animais serem furtados

Fazendeiro recupera gado após cerca de 30 animais serem furtados

Fazendeiro recupera gado após cerca de 30 animais serem furtados

Os animais que pertencem a um fazendeiro de Monte Santo e foram encontrados à 50 km de distância, em Pugmil.


Gado é recuperado após cerca de 30 cabeças serem furtadas — Foto: Divulgação/PCTO

Um fazendeiro de Monte Santo, região central do estado, teve duas cabeças de gado recuperadas após cerca de 30 animais serem furtados nos últimos meses. O gado foi encontrado em Pugmil, município que fica a 50 km de distância de Monte Santo.

Segundo a Polícia Civil, as investigações iniciaram após o fazendeiro procurar a 5ª Delegacia Regional de Paraíso do Tocantins (DRPC) para registrar que cerca de 30 cabeças de gado haviam sido furtadas.

O caso foi registrado nesta segunda-feira (28). Segundo a Polícia Civil (PC), equipes receberam informação de que pelo menos quatro animais estariam em uma fazenda na zona rural de Pugmil.

Os policiais foram até o local e conseguiram recuperar duas cabeças de gado. Segundo o delegado responsável pelo caso, Bruno Baeza, o dono da propriedade onde os animais foram encontrados disse que havia adquirido o gado com terceiros.

Animais foram encontrados em uma fazenda de Pugmil — Foto: Divulgação/PCTO

Os animais foram entregues ao verdadeiro proprietário. A perícia foi acionada e realizou os trabalhos técnicos na fazenda.

A Polícia Civil ainda informou que o caso será investigado para identificar a autoria dos furtos e averiguar se quem adquiriu agiu de má fé ou foi induzido ao erro.

A Polícia faz um alerta aos fazendeiros para que não comprem animais sem a documentação necessária da Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins (Adapec).

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!

Link original da notícia: https://g1.globo.com/to/tocantins/noticia/2023/08/29/fazendeiro-recupera-gado-apos-cerca-de-30-animais-serem-furtados.ghtml

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *