Mulher é arremessada e morre ao ser atingida por reboque com quadriciclo em Boa Vista

Mulher é arremessada e morre ao ser atingida por reboque com quadriciclo em Boa Vista

Mulher é arremessada e morre ao ser atingida por reboque com quadriciclo em Boa Vista

Dulcilene Silva dos Santos estava em uma motocicleta quando foi atingida pelo reboque se soltou da caminhonete. Motorista foi preso em flagrante por homicídio culposo.


Acidente foi registrado por uma câmera de segurança — Foto: Arquivo pessoal

Uma mulher, de 40 anos, identificada como Dulcilene Silva dos Santos, morreu ao ser atingida por um reboque com quadriculo na tarde dessa quinta-feira (31), em Boa Vista. O acidente ocorreu quando reboque se desprendeu da caminhonete e invadiu a via em que a vítima trafegava em uma motocicleta.

A batida foi frontal. Com o impacto, Dulcilene foi arremessada para o alto e caiu no chão. Uma câmera de segurança flagrou o acidente.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, tentou reanimar a vítima, mas ela não resistiu e morreu ainda no local.

O Departamento Estaduais de Trânsito de Roraima (Detran) também foi acionado para verificar se o reboque estava regular.

A caminhonete em que o reboque estava acoplado era conduzida por um jovem de 21 anos que não possui Carteira Nacional de Habilitação, segundo a Polícia Militar. Ele foi levado à delegacia da Polícia Civil para prestar esclarecimentos.

A delegada plantonista, Jaira Farias, lavrou um Auto de Prisão em Flagrante por homicídio culposo. Devido à natureza do delito, não é cabível o pagamento de fiança.

Ele foi apresentado nesta sexta-feira (1º) na Audiência de Custódia.

Acidente que matou Dulcilene Silva dos Santos, de 40 anos — Foto: Arquivo pessoal

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!

Link original da notícia: https://g1.globo.com/rr/roraima/noticia/2023/09/01/mulher-e-arremessada-e-morre-ao-ser-atingida-por-reboque-com-quadriculo-em-boa-vista.ghtml

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *