Operação da PF investiga crime de armazenamento de pornografia infantojuvenil no Pará

Operação da PF investiga crime de armazenamento de pornografia infantojuvenil no Pará

Operação da PF investiga crime de armazenamento de pornografia infantojuvenil no Pará

Celular de suspeito foi apreendido. Segundo a PF, o investigado utilizava sua conta de email para armazenar arquivos contendo pornografia infantojuvenil.


PF investiga crimes sexuais contra crianças no Pará — Foto: PF/Ascom

A Polícia Federal deflagrou nesta segunda-feira (11) a Operação Bank93, para combater o crime de armazenamento de materiais relacionados ao abuso sexual infantojuvenil. O investigado teve aparelho celular apreendido, para ser submetido à perícia técnica para extração do conteúdo.

O nome da operação, “Bank93”, é uma referência à denominação empregada pelo alvo no email em que armazenava o conteúdo ilícito.

Durante as investigações, a Polícia Federal do Pará identificou o responsável pelo crime, que utilizava sua conta de email para armazenar arquivos contendo pornografia infantojuvenil. Com isso, foi pedido mandado de busca e apreensão, expedido pela 1ª Vara de Inquéritos Policiais e Medidas Cautelares.

O suspeito poderá responder pelo crime de armazenamento de pornografia infantojuvenil, previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente, além de outros crimes que venham a ser identificados no decorrer das investigações.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!

Link original da notícia: https://g1.globo.com/pa/para/noticia/2023/09/11/operacao-da-pf-investiga-crime-de-armazenamento-de-pornografia-infantojuvenil-no-para.ghtml

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *