Furto de energia e comércio ilegal de madeira: duas pessoas são presas no interior do Pará

Furto de energia e comércio ilegal de madeira: duas pessoas são presas no interior do Pará

Furto de energia e comércio ilegal de madeira: duas pessoas são presas no interior do Pará

De acordo com os agentes, os dois presos são proprietários de madeireiras na região.


Local em que a ocorrência foi registrada. — Foto: Divulgação

Uma operação prendeu em flagrante dois proprietários de madeireiras e furto de energia elétrica em Senador José Porfírio, no sudeste do Pará. A ação foi divulgada nesta terça-feira (5).

De acordo com os agentes, os dois presos são proprietários de madeireiras na região e já tinham sido acionados anteriormente sobre as irregularidades no consumo de energia elétrica, mas não procuraram regularização.

A operação foi deflagrada pela Polícia Civil (PC) e pela Polícia Científica na última sexta-feira (1º).

“A energia foi desviada por meio de três transformadores que totalizam uma potência de 412,5Kva, o que pode abastecer aproximadamente 350 casas populares”, falou a concessionária de energia responsável, Equatorial Pará.

Furto de energia é crime, de acordo com o artigo 155, e pode gerar pena de um a quatro anos de reclusão. Já no artigo 46 de crimes ambientais, o comércio de madeira ilegal pode gerar pena de seis meses a um ano de prisão e multa.

VÍDEOS com as principais notícias do Pará

Confira outras notícias do estado no g1 Pará.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!

Link original da notícia: https://g1.globo.com/pa/para/noticia/2023/09/05/furto-de-energia-e-comercio-ilegal-de-madeira-duas-pessoas-sao-presas-no-interior-do-para.ghtml

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *