Ministra dos Povos Indígenas cancela participação em festival no AC e assessoria alega problema em voo

Ministra dos Povos Indígenas cancela participação em festival no AC e assessoria alega problema em voo

Ministra dos Povos Indígenas cancela participação em festival no AC e assessoria alega problema em voo

Por conta de problemas com voo, a ministra dos Povos Indígenas, Sônia Guajajara, cancelou a participação no Festival Mariri, na Aldeia Mutum, que fica às margens do Rio Gregório, em Tarauacá, no interior do Acre. A assessoria de imprensa da ministra não informou o que ocasionou o problema.

LEIA TAMBÉM:

Do aeroporto, a ministra seguiria para a Aldeia Mutum, onde seria recebida pelo Povo Yawanawá. O Mariri Yawanawá, como é chamado pelos indígenas, começa nesta sexta (1) e termina no próximo dia 7. Durante a semana de celebração, a aldeia é visitada por turistas e pessoas de diversas regiões do mundo.

Festival Mariri

É uma semana de cânticos, reza, dança, cura, da expressão artística e cultural e espiritual. “Todos os Yawanawá já chegaram na Aldeia Mutum, está tudo preparado, chega a ministra dos Povos Indígenas, Sônia Guajajara”, confirmou Joaquim Tashka, coordenador geral dos festivais.

A abertura da festival contará com a deputada federal e presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), Joênia Wapichana, a deputada federal de Minas Gerais (MG) Célia Xakriabá e representantes do governo estadual.

“Todos os anos, o Mariri celebra a vida, nossos ancestrais e a espiritualidade Yawanawá . Paramos uma vez por ano para fazer isso. Vamos celebrar também meus 50 anos”, celebrou.

Festival celebra a cultura do Povo Yawanawá — Foto: Jardy Lopes/Arquivo pessoal

Público de quase 2 mil pessoas

Ainda segundo o coordenador, é esperado que quase duas mil pessoas passem pela aldeia durante a festividade. O festival é um dos mais tradicionais do estado e ocorre desde 2013.

Durante a celebração, os turistas têm acesso ao chá ayahuasca, usam rapé de tabaco e a vacina do sapo.

“Vêm pessoas do mundo todo celebrar com a gente. O Mariri Yawanawá é muito intrínseco, é uma cura pessoal, até nós da aldeia esperamos o ano todo pelo ele. Paramos para celebrar a vida, a natureza”, concluiu.

Reveja os telejornais do Acre

Link original da notícia: https://g1.globo.com/ac/acre/noticia/2023/09/01/ministra-dos-povos-indigenas-cancela-participacao-em-festival-no-ac-e-assessoria-alega-problema-em-voo.ghtml

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *