Em menos de três dias, dois detentos fogem de unidade penitenciária de Rio Branco

Em menos de três dias, dois detentos fogem de unidade penitenciária de Rio Branco

Em menos de três dias, dois detentos fogem de unidade penitenciária de Rio Branco

Adileudo Nunes de Matos e Jamaicon Silva Santos fugiram da Unidade Penitenciária 04, conhecida popularmente como UP4, entre sábado (2) e essa segunda-feira (4), respectivamente. Iapen-AC vai apurar fuga.


Jamaicon Silva Santos (esq.) e Adileudo Nunes de Matos (dir.) fugiram da Unidade Penitenciária 04 — Foto: Arquivo/Iapen-AC

Os detentos Adileudo Nunes de Matos e Jamaicon Silva Santos fugiram da Unidade Penitenciária 04, conhecida popularmente como UP4, entre sábado (2) e essa segunda-feira (4). O Instituto de Administração Penitenciária (Iapen-AC) disse que abriu um procedimento administrativo para apurar as fugas.

O instituto não detalhou como os detentos saíram da unidade prisional. Adileudo Nunes de Matos trabalhava na horta da unidade e fugiu no sábado. Jamaicon Silva Santos trabalhava no Polo Moveleiro e escapou nessa segunda.

“Ambos estavam dentro dos critérios exigidos para trabalho externo”, resumiu o Iapen-AC.

Morte e rebelião no presídio

No último dia 31, o detento Edivan da Silva Dias, de 38 anos, foi assassinado durante o banho de sol no Pavilhão K do Complexo Prisional de Rio Branco. Outros dois presos confessaram o crime e contaram que usaram uma faca artesanal, também chamada de estoque, para furar a vítima por vingança.

O Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen-AC) lamentou, por meio de nota, a morte do detento e manifestou o apoio aos familiares.

No dia 26 de julho, detentos do Presídio de Segurança máxima Antônio Amaro iniciaram uma rebelião que durou mais de 24 horas, se estendendo até o dia 27. Cinco presos foram mortos por membros de uma facção rival – três deles foram decapitados. Toda a dinâmica e motivação devem ser esclarecidas nos inquéritos abertos pela Polícia Civil.

O primeiro é conduzido pela Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoas (DHPP) e o outro conduzido pelo Departamento Técnico-Científico, para traçar como iniciou a rebelião dentro da unidade.

Reveja os telejornais do Acre

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!

Link original da notícia: https://g1.globo.com/ac/acre/noticia/2023/09/05/em-menos-de-tres-dias-dois-detentos-fogem-de-unidade-penitenciaria-de-rio-branco.ghtml

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *