Quatro pessoas são presas suspeitas de integrar grupo de agiotagem no interior do MA

Quatro pessoas são presas suspeitas de integrar grupo de agiotagem no interior do MA

Quatro pessoas são presas suspeitas de integrar grupo de agiotagem no interior do MA

Quatro pessoas foram presas em flagrante, nessa quinta-feira (31), na cidade de Miranda do Norte, suspeitas dos crimes de associação criminosa, apropriação indébita, agiotagem, bem como possível crime de lavagem de dinheiro.

O grupo foi preso durante uma operação da Polícia Civil do Maranhão, que teve como objetivo cumprir mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça do Maranhão, no curso de uma investigação que apura o crime de agiotagem.

Segundo a polícia, os criminosos ofereciam empréstimos com essas taxas de juros exorbitantes e ilegais.

Na manhã dessa quinta, equipes da Delegacia de Polícia de Miranda do Norte e da 2ª Delegacia Regional de Itapecuru-Mirim estiveram em endereços ligados aos alvos das investigações e prenderam quatro suspeitos em flagrante.

O crime

Após dois anos de investigações, a Polícia Civil do Maranhão descobriu a existência de uma associação criminosa que praticava agiotagem ou empréstimos ilegais.

De acordo com as investigações, o grupo realizava empréstimos ilegais com juros, extremamente altos. Para ‘garantir’ o pagamento, os criminosos empenhavam das vítimas cartões de benefícios sociais, joias, entre outros bens e documentos.

Ainda de acordo com as investigações, o grupo criminoso contava com a colaboração de um funcionário de uma casa lotérica da cidade de Miranda do Norte. O funcionário realizava os saques dos benefícios, os quais, legalmente, deveriam ser realizados apenas por seus titulares.

A Delegacia de Miranda do Norte informou que qualquer cidadão que tenha sido vítima de empréstimo com essas taxas de juros exorbitantes e ilegais e que tenham tido bens e documentos retidos por esse grupo deve procurar a delegacia.

Link original da notícia: https://g1.globo.com/ma/maranhao/noticia/2023/09/01/quatro-pessoas-sao-presas-suspeitas-de-integrar-grupo-de-agiotagem-no-interior-do-ma.ghtml

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *