Governador da Bahia nega intervenção federal no estado, mas admite possibilidade: ‘Se precisar, não terei problema’

Governador da Bahia nega intervenção federal no estado, mas admite possibilidade: ‘Se precisar, não terei problema’

Governador da Bahia nega intervenção federal no estado, mas admite possibilidade: ‘Se precisar, não terei problema’

O governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues, negou que vai pedir intervenção federal na segurança de Salvador, após os casos de violência registrado na última semana, na capital baiana. No entanto, o gestor admitiu a possibilidade de tomar a medida, caso ele entenda que precise.

“Se precisar, não terei problema, mas não há ambiente agora para a gente poder duvidar [da segurança da Bahia]. Não é preciso a intervenção do governo federal no estado da Bahia. Estamos tranquilos e firmes com isso”, disse o governador.

O depoimento foi relatado antes de Jerônimo Rodrigues participar do hasteamento da bandeira, antes do tradicional desfile do 7 de setembro, na Praça do Campo Grande, nesta quinta-feira (7).

“A Polícia Civil, a Polícia Militar, a nossa fala é uma fala máxima de segurança. Mas já estamos tendo uma parceria com a Polícia Federal, tanto na inteligência quanto nas intervenções feitas”, pontuou.

Reportagem em atualização

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!

Link original da notícia: https://g1.globo.com/ba/bahia/noticia/2023/09/07/governador-da-bahia-nega-intervencao-federal-no-estado-mas-admite-possibilidade-se-precisar-nao-terei-problema.ghtml

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *