MT registra 1,7 mil casos de desaparecimentos neste ano

MT registra 1,7 mil casos de desaparecimentos neste ano

MT registra 1,7 mil casos de desaparecimentos neste ano

A escrivã do Núcleo de Pessoas Desaparecidas da Polícia Civil passa orientações sobre o que deve ser feito na hora do boletim de ocorrência.


Viatura PJC MT . — Foto: Polícia Civil MT .

A Polícia Civil informou que, somente em 2023, 1,7 mil casos de desaparecimentos foram registrados em Mato Grosso em 2023. A escrivã do Núcleo de Pessoas Desaparecidas, Jannaína Souza, reforçou sobre a importância da família passar todas as informações sobre a vítima no momento de efetuar o boletim de ocorrência.

“É importante que as pessoas não tenham vergonha de contar esses detalhes, pois são informações importantes para a nossa linha de investigação”, disse Jannaína.

Outra orientação passada pela escrivã é que família ligue para outros parentes e amigos próximos a pessoa e certifique de que ela está realmente desaparecida. Após essa confirmação é indicado que seja feito boletim de ocorrência imediatamente.

A Polícia Civil também esclareceu um mito comum de que é preciso aguardar 24h para que seja feito o boletim, no entanto, essa espera não é necessária.

A indicação é que assim que houver desconfianças de um possível desaparecimento, principalmente se tratando de crianças, idosos ou pessoas com deficiências.

Além disso, o Núcleo de Pessoas Desaparecidas da Polícia Civil possui uma página nas redes sociais onde divulgam os casos de pessoas desaparecidas no estado.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!

Link original da notícia: https://g1.globo.com/mt/mato-grosso/noticia/2023/10/17/mt-registra-17-mil-casos-de-desaparecimentos-neste-ano.ghtml

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *