Clínica sacrifica 320 aves para conter risco de disseminação do vírus da gripe aviária em MT

Clínica sacrifica 320 aves para conter risco de disseminação do vírus da gripe aviária em MT

Clínica sacrifica 320 aves para conter risco de disseminação do vírus da gripe aviária em MT

Em nota, o Instituto informou que a medida era necessária por se tratar de aves sem procedência sanitária e que a “introdução da doença traria prejuízos incalculáveis, não só a economia do município, mas também do estado e do país”.

Na última quinta-feira (31), governador de Mato Grosso, Mauro Mendes, declarou estado de emergência zoossanitária no território mato-grossense para prevenir a Influenza Aviária H5N1 de Alta Patogenicidade (IAAP), conhecida como gripe aviária.

O decreto vale por 180 dias. Até então, o estado não possui registros de casos da doença.

As aves sacrificadas são da espécie ‘Canário Venezuelano’ que, antes do resgate, estavam sendo transportadas em oito gaiolas com destino a São Paulo (SP), onde seriam comercializadas.

De acordo com a Prefeitura de Sorriso, após a apreensão, os animais foram encaminhados para uma clínica veterinária particular que possui convênios com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema).

A zootecnista e proprietária da clínica, Karine de Camargo, disse que não foi favorável à decisão da eutanásia, mas afirmou que não poderia descumprir a determinação.

De acordo com Karine, uma médica da sua equipe fez uma avaliação dos pássaros e constatou que nenhum deles apresentava sintomas da doença.

“A gente respeita os órgãos, estamos aqui para cumprir nosso papel, que é de consulta, tratamento e reabilitação dos animais destinados a nós pra isso. Como existe uma ordem de alguns responsáveis por isso, a gente não pode impedir que isso se cumprisse”, disse ela.

A zootecnista ainda relatou que se colocou à disposição para que as aves permanecessem na clínica por mais 180 dias para que passassem por uma avaliação gratuita.

Link original da notícia: https://g1.globo.com/mt/mato-grosso/noticia/2023/09/06/clinica-sacrifica-320-aves-para-conter-risco-de-disseminacao-do-virus-da-gripe-aviaria-em-mt.ghtml

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *