Senac oferece cursos para mais de 1,6 mil internos do sistema prisional do DF

Senac oferece cursos para mais de 1,6 mil internos do sistema prisional do DF

Senac oferece cursos para mais de 1,6 mil internos do sistema prisional do DF

Ao todo são cinco áreas para capacitação: pizzaiolo, modelista, costureiro, oratória e abertura e legalização de empresas MEI. Cursos começam segunda-feira (11).


  • A seleção dos internos que vão participar se dá por meio de três requisitos como bom comportamento e maior tempo na unidade prisional.

  • Todas as sete unidades prisionais do Distrito Federal vão oferecer cursos de capacitação para os internos.

  • Os cursos vão contribuir com a remição da pena para os internos: cada 12h de estudo representa um dia a menos na privação de liberdade.

Detentas da Colmeia, presídio feminino do DF, durante o lançamento do livro “Cadê minha mãe?”, da agente penitenciária e escritora Giulieny Matos — Foto: Luiza Garonce/G1

O Senac oferece cursos de capacitação, a partir de segunda-feira (11), para 1.644 internos do Sistema Penitenciário do Distrito Federal. Por meio de uma parceria com a Secretaria de Administração Penitenciária (Seape), os detentos têm cinco opções de cursos: pizzaiolo, modelista, costureiro, oratória e abertura e legalização de empresas MEI.

De acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária, os cursos fazem parte do Projeto de Implantação de Oficinas Produtivas Permanentes (Procap). A seleção dos detentos segue a classificação por meio de três requisitos:

  1. Antiguidade: tempo de permanência em determinado local, na mesma ou em outra Unidade Prisional
  2. Comportamento: bom comportamento durante o período de privação de liberdade medido pelo número de sanções disciplinares
  3. Vulnerabilidade: situações que caracterizam a vulnerabilidade da pessoa privada de liberdade por motivo de saúde, idade ou situação socioeconômica

Cada requisito tem pontuação máxima de cinco pontos. Em caso de empate entre internos, o mais velho tem prioridade.

Os cursos serão realizados dentro das sete unidades prisionais do Distrito Federal . Como as capacitações são continuadas, o intuito é que todos os reeducandos tenham acesso ao Procap.

“O objetivo é formar o máximo de internos e permitir que eles retornem à sociedade aptos ao mercado de trabalho”, diz a secretaria.

Carga horária e remição de pena

Os cursos vão contribuir com a remição da pena para os internos. Cada 12h de estudo representa um dia a menos na privação de liberdade. Um dos cursos vai oferecer 20 dias de pena a menos para os internos. Segundo o Senac, terão turmas até agosto de 2024.

Veja abaixo a carga horária dos cursos:

‍💼 Abertura e legalização de empresas MEI: 20 horas

Leia mais notícias sobre a região no g1 DF.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!

Link original da notícia: https://g1.globo.com/df/distrito-federal/noticia/2023/09/08/senac-oferece-cursos-para-mais-de-16-mil-internos-do-sistema-prisional-do-df.ghtml

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *