Dinamarca anuncia doação de R$ 110 milhões para Fundo Amazônia

Dinamarca anuncia doação de R$ 110 milhões para Fundo Amazônia

Dinamarca anuncia doação de R$ 110 milhões para Fundo Amazônia

Durante reunião no Ministério do Meio Ambiente e Mudança do Clima nesta terça-feira (29/8), o governo da Dinamarca realizou uma proposta de doação de R$ 110 milhões ao Fundo Amazônia no período entre 2024 e 2026. O compromisso foi firmado pelo Ministro de Cooperação para o Desenvolvimento e Política Climática Global da Dinamarca, Dan Jørgensen durante agenda com a ministra do Meio Ambiente, Marina Silva. A proposta ainda precisa de aprovação no Parlamento dinamarquês.

A contribuição dinamarquesa ajudará no financiamento de projetos, e iniciativas para reduzir o desmatamento, proteger a biodiversidade e melhorar a vida das comunidades locais, além de promover o desenvolvimento sustentável, de acordo com as diretrizes aprovadas pelo Comitê Orientador do Fundo Amazônia (COFA).

Marina agradeceu a iniciativa da Dinamarca de realizar a doação e reiterou a meta do governo federal de zerar o desmatamento até 2030. Segundo dados do sistema Deter-B, do Inpe. a retomada das ações de fiscalização já resultaram em queda de 42,5% da área sob alertas de desmatamento na Amazônia Legal de janeiro a julho em relação ao mesmo período de 2022.

Em reunião no Ministério do Meio Ambiente e Mudança do Clima nesta terça-feira (29), o governo da Dinamarca anunciou uma doação de cerca de R$ 110 milhões ao Fundo Amazônia. O compromisso foi firmado pelo Ministro de Cooperação para o Desenvolvimento e Política Climática Global… pic.twitter.com/0NHuCRgMM9

— Marina Silva (@MarinaSilva) August 30, 2023

Criado pelo governo federal em 2008 e pausado por quatro anos por decisão do governo Bolsonaro, o Fundo Amazônia, que retornou neste ano, reúne dinheiro doado por governos estrangeiros e que devem ser investidos em projetos de prevenção e combate ao desmatamento, além da conservação e o uso sustentável da floresta.

O anúncio da doação para o Fundo Amazônia reflete a confiança na política ambiental do Brasil, declarou Jørgensen, que enfatizou a liderança do presidente Lula na área climática.

A Dinamarca era um dos países que já estudavam ingressar na lista de doadores do fundo e vinha em negociações com autoridades brasileiras. Além do país, a Alemanha comprometeu-se com uma contribuição de 190 milhões, enquanto o Reino Unido anunciou R$ 500 milhões para o fundo. Os Estados Unidos prometeram R$ 2,5 bilhões, a União Europeia anunciou R$ 100 milhões e a Suíça, R$ 30 milhões. Todas as doações anunciadas somam mais de 3,4 bilhões.

Saiba Mais

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores através do e-mail: sredat.df@dabr.com.br

Link original da notícia: https://www.correiobraziliense.com.br/brasil/2023/08/5121098-dinamarca-anuncia-doacao-de-rs-110-milhoes-para-fundo-amazonia.html

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *