Mulher é presa suspeita de abusar dos 4 filhos em Brazlândia, no DF

Mulher é presa suspeita de abusar dos 4 filhos em Brazlândia, no DF

Acusações incluem negligência, omissão de cuidados essenciais, abandono e violência sexual. Segundo Polícia Civil, mulher não trabalha e é viciada em drogas.


  • Uma mulher foi presa, nesta sexta-feira (5), por suspeita de cometer abusos contra seus quatro filhos, todos menores de idade. O caso aconteceu em Brazlândia, no Distrito Federal.

  • Acusações incluem negligência, omissão de cuidados essenciais, abandono e violência sexual, segundo a Polícia Civil.

  • De acordo com os investigadores da 18ª Delegacia de Polícia, a mulher, que mora sozinha com os filhos, costumava deixar eles trancados em casa, sem comida. Também há relatos de violência verbal e física, além de ameaça de morte.

Imagem mostra entrada da 18ª Delegacia de Polícia, em Brazlândia — Foto: TV Globo/Reprodução

Uma mulher foi presa, nesta sexta-feira (5), por suspeita de cometer abusos contra seus quatro filhos, todos menores de idade. O caso aconteceu em Brazlândia, no Distrito Federal.

De acordo com a Polícia Civil, as acusações incluem negligência, omissão de cuidados essenciais, abandono e violência sexual. A mulher não trabalha e é viciada em drogas, segundo a investigação.

De acordo com a 18ª DP, a mulher, que mora sozinha com os filhos, costumava deixar eles trancados em casa, sem comida. Também há relatos de violência verbal e física, além de ameaça de morte.

Segundo a polícia, os filhos mais velhos não frequentavam a escola e eram obrigados a cuidar da casa. Também precisavam alimentar e cuidar do irmão mais novo, um bebê de 1 ano.

A Polícia Civil afirma que a mulher já foi condenada pelo crime de estupro de vulnerável, cometido em 2021. Ela aguarda em liberdade a fase de recurso do processo.

Leia mais notícias sobre a região no g1 DF.

Link original da notícia: https://g1.globo.com/df/distrito-federal/noticia/2024/04/05/mulher-e-presa-suspeita-de-abusar-dos-4-filhos-em-brazlandia-no-df.ghtml

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *